O que há de errado com a Conitec? ou Por que você judicializa?

poker 3825824 1280

Como o leitor e a leitora  já sabem, este blog é destinado à discussão de aspectos envolvendo as doenças raras e a cidadania das pessoas que com ela vivem.

Ao longo de seus quase três anos de existência (para mim parece uma década), temos denunciado, com riqueza de argumentos, os métodos totalmente inadequados empregados pela Conitec para recomendar ou não medicamentos órfãos ao SUS. Medicamentos órfãos são aqueles destinados ao tratamento de doenças raras. Estes são caracteristicamente de alto custo e, portanto, em linhas gerais, vistos como inadequados para a incorporação ao SUS, dada a crescente preocupação dos gestores de todas as pastas com relação à eficiência do gasto público. No caso do SUS, seu alegado subfinanciamento crônico, aliado à Emenda Constitucional 95 , é um grande entrave ao direito humano fundamental de acesso ao medicamento pelos doentes raros.

Continue lendo “O que há de errado com a Conitec? ou Por que você judicializa?”